‘Se fosse um deputado ou um senador, ele já estava cassado’, diz Alcolumbre sobre Moro

“Em sendo verdade, são muito graves. Muito graves. Ultrapassou o limite ético. Não era para ter tido conversa naquele nível”, ressaltou

Redação
Foto: Waldemir Barreto/ Agência Senado
Foto: Waldemir Barreto/ Agência Senado

O presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que se as mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil forem “verdade”, o ministro da Justiça, Sergio Moro ,”ultrapassou o limite ético” ao se relacionar com os procuradores da Operação Lava Jato enquanto era juiz do caso em Curitiba.

“Em sendo verdade, são muito graves. Muito graves. Ultrapassou o limite ético. Não era para ter tido conversa naquele nível. Se isso for verdade, terá um impacto grande em relação a procedimentos”, afirmou o senador nesta segunda-feira, 24, em um jantar promovido pelo jornal digital Poder360.

Na ocasião, o democrata destacou ainda que há dois pesos e duas medidas. “Se fosse um deputado ou um senador (no lugar de Moro), ele já estava cassado, preso e nem precisava provar se tinha hacker ou não”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *