Sobe para 47 municípios em situação de emergência chuvas e mortes

O governo de Minas Gerais declarou situação de emergência em 47 municípios afetados pelas chuvas no estado. O decreto, assinado pelo governador Romeu Zema (Novo), foi publicado hoje em edição extra do Diário Oficial do estado. Zema também determinou luto de três dias pelas vítimas.

Ilustração

De acordo com o último boletim da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, ao menos 35 pessoas morreram em razão de ocorrências ligadas às chuvas em Minas Gerais.

Ao declarar emergência no estado, o governo considerou que, desde a última sexta (24), a quantidade de chuva causou “múltiplos desastres —inundações, movimentos de massa, enxurradas e alagamentos— e provocaram grande comoção social, visto que houve perdas de vidas, pessoas desalojadas e desabrigadas, comunidades inteiras ilhadas, entre outros danos e prejuízos”.

“Como consequência desses desastres, resultaram os danos humanos e materiais e os prejuízos econômicos públicos”, traz o decreto.

A situação de emergência é válida por seis meses e permite que as cidades fiquem dispensadas “de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários afetados”.

Confira a lista das cidades em situação de emergência:

  1. Abre Campo
  2. Alto Caparaó
  3. Alto Jequitibá
  4. Belo Horizonte
  5. Betim
  6. Brumadinho
  7. Caeté
  8. Caparaó
  9. Carangola
  10. Cataguases
  11. Congonhas
  12. Contagem
  13. Divino
  14. Dores do Turvo
  15. Ervália
  16. Espera Feliz
  17. Guidoval
  18. Ibiaí
  19. Ibirité
  20. Luis Burgo
  21. Manhuaçu
  22. Mariana
  23. Mateus Leme
  24. Matipó
  25. Monjolos
  26. Muriaé
  27. Nova Lima
  28. Orizania
  29. Patrocínio de Muriaé
  30. Pedra Bonita
  31. Raposos
  32. Raul Soares
  33. Ribeirão das Neves
  34. Rio Acima
  35. Sabará
  36. Santa Bárbara
  37. Santa Luzia
  38. Santa Margarida
  39. São Gonçalo do Sapucai
  40. Sarzedo
  41. Senador Firmino
  42. Simonésia
  43. Taquaraçu de Minas
  44. Teófilo Otoni
  45. Tocantins
  46. Ubá
  47. Visconde do Rio Branco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *