Sublegenda chupa osso em Pernambuco

Opinião

Já esperada, a decisão do diretório municipal do PT no Recife, ontem, 100% favorável à manutenção da aliança com o PSB em apoio à candidatura de João Campos, passando por cima do que deseja a executiva nacional, fechada com Marília Arraes na disputa, é vergonhosa, imoral, um atestado público de um partido que virou sublegenda do PSB e que está agarrado apenas aos cargos.

Até quando o PT vai continuar sendo protagonista apenas de legenda não larga osso? Dizem que só Humberto Costa, o senador que votou contra o projeto do saneamento universal para tirar o povo da lama, controla mais de mil cargos no Estado e na Prefeitura do Recife. Vergonhoso!

Por: magno martisn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *