Supremo: todo mundo solto hoje? Inclusive Lula?

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, deve liberar nesta terça (11) seu voto no habeas corpus coletivo que pode beneficiar todos os presos condenados em segunda instância pelo TRF-4 (Tribunal Federal da 4ª Região).

Entre eles, Lula.

O habeas corpus defende que a súmula do TRF-4 que autoriza a prisão depois de segunda instância de forma automática é inconstitucional.

Cada detenção precisaria ser justificada individualmente.

Já a interlocução do ministro Moro, da Justiça, com o Congresso, que já era difícil, está inviabilizada depois do escândalo das mensagens, na opinião de algumas das principais lideranças da Câmara dos Deputados e do Senado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *