Vasco tira a liderança do Flamengo em empate com quatro expulsões

Diogo Dantas

O empate em 1 a 1 entre Flamengo e Vasco no Maracanã foi ruim de ver e também para os dois time na tabela do Brasileiro, mas pior para o Flamengo. O jogo terminou com quatro expulsões e confusão. Até então líder, o time de Barbieri viu o Atlético-MG assumir a ponta e tenta recuperá-la contra os mineiros no próximo sábado, fora de casa.

Do lado do Vasco, a igualdade teve sabor mais agradável diante da má fase recente, e ainda rendeu um quinto lugar provisório. Domingo, o time de Zé Ricardo visita o Bahia.

Os gols foram marcados por Vinicius Junior, que balançou as redes do Maracanã pela primeira vez com a camisa do Flamengo, e Wagner, que deixou tudo igual em seguida. A premissa do clássico era óbvia. O Vasco tentaria anular o controle de jogo por parte do Flamengo e surpreender. Conseguiu, com a defesa mais organizada na volta de Breno, e um ataque dedicado que pressionou o rival até o fim.

O melhor momento do Flamengo na temporada não fez o time se sobrepor fácil ao Vasco. Mesmo em má fase, adotou postura corajosa. A estratégia limitou a participação dos meias rubro-negros. Vinicius Junior se mostrou a solução ideal, por sua movimentação, mas foi pouco usado. Apenas no gol. Everton Ribeiro arrematou de longe, e Martín Silva deu rebote nos pés do garoto de 17 anos debutar no estádio.

O Vasco não sentiu o gol e fez a pressão pelos lados do campo surtir efeito. Mas o empate veio na bola parada. Em escanteio cobrado por Pikachu, Rios desviou, e Wagner escorou para o gol sem nenhuma marcação.

Dali em diante o jogo entrou em uma fase violenta e de pouca produção. O Vasco emendou algumas finalizações e levou perigo, enquanto o Flamengo trocava passes sem objetividade. O excesso de faltas e passes errados deixou a partida mais feia. O jogo terminou em confusão. Riascos e Breno, do Vasco, e Rhodolfo e Cuéllar, do Flamengo, foram expulsos.

Quarta-feira, o Flamengo enfrenta o River Plate, pela Libertadores, para tentar garantir o primeiro lugar de olho nas oitavas de final. O Vasco encara a Universidad de Chile, mas já está eliminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *