Vereador Alex Tanuri denuncia problemas na saúde de Juazeiro

 

Redação

Na última sessão ordinária da Casa Aprígio Duarte Filho deste semestre, o vereador Alex Tanuri (PP) aproveitou do espaço da tribuna para fazer duras criticas à administração Suzana Ramos (PSDB) relacionadas a questão da saúde.

“Eu acompanhei o ex-prefeito Isaac Carvalho numa visita ao Colégio Helena Celestino, estava havendo uma festa de forró, ficamos com a criançada, parabenizamos o diretor pela organização do evento, mas quando saímos começamos a ter nossas decepções, mas a escola necessta de reforma. Fomos no posto de saúde do bairro Dom Tomaz, e observamos que está há quase dois anos sem dentista por conta de um autoclave”, lamentou o vereador.

Vereador Luciano do Valle, Isaac Carvalho e Alex Tanuri durante visitas

“Depois fomos ao CSU que não tem médico há dois meses e não tem dentista desde janeiro e o prédio necessitando de reforma. A comissão de saúde desta casa tem que fazer este tipo de visita, e tem que ser de surpresa”, disse o Vereador chamando a atenção dos colegas. “Na upa UPA, falta ambulância para a regulação”, completou o Vereador.

Alex foi duro quando relatou as condições de uma escola onde funciona um posto de saúde. “Chegamos na UBS do bairro Alto do Cruzeiro e fomos informados que está funcionando na Escola Pró-Menor. Assim que chegamos constatamos o prédio deteriorado, e ai o mais grave: um posto de saúde funcionando dentro de uma escola com alunos e pacientes dividndo o mesmo espaço, aumentando o risco de transmissão de doenças. Será que isso é normal? Será que isso é a mudança que Juazeiro quer?  Será que isso é um tratamento de uma mãe para com seus filhos? Nas administrações anteriores já houve embates por causa desse prédio. Dá vontade de chorar. Estrou com meu dia perdido a partir do momento que vejo uma escola funcionar em um posto de saúde, temos que tomar uma decisão. A escola é o espaço para transformar vidas, posto de saúde é o local para cuidar de doentes, como e que   estou tomando conta de crianças para transformar uma cidade dentro de um hospital”, conclui.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.