Vereador denuncia fechamento do Hospital da Criança em Juazeiro

O Hospital da Criança de Juazeiro será fechado. A noticia, divulgada pelo vereador Zé Carlos Medeiros (PV), vice-líder da oposição, foi dada aos funcionários da unidade na manhã desta quarta-feira, 22, pelo secretário de Saúde, Cássio Garcia. “Isso é uma irresponsabilidade do prefeito Isaac Carvalho do PCdoB e da sua equipe.  Depois de fechar a SEMEC, a Santa Casa e de quase fechar a Pró-Matre, mais um hospital está sendo fechado por esse prefeito que está mudando para pior a nossa cidade”, comenta.

Os atendimentos das crianças serão transferidos definitivamente para UPA/24 horas e para Clise, também conhecido como Hospital da Mulher/Maternidade municipal, como já está acontecendo. “O sistema de saúde da nossa cidade está na UTI. Não é possível que queiram fazer uma insanidade dessas. Vejam: não é possível que todos os atendimentos do Hospital da Criança sejam transferidos para três leitos na UPA e nove na Clise. Não há condições de trabalho para os médicos e nem de atendimento para nossas crianças. O local destinado não está preparado e não é digno”, relata o parlamentar que esteve nas duas unidades.

“Além de fechar mais um hospital, o prefeito da mudança não cuida da saúde básica. Faltam médicos e medicamentos, os postos estão precisando de reformas, a população não tem seus exames marcados… Está um caos”, completa Medeiros.

Segundo o vereador, a prefeitura usou o mutirão de catarata, realizado na unidade desde o dia 6 de janeiro, ação da secretária estadual de Saúde, como ‘cortina’ de fumaça. “Eles enganaram o povo. Não era necessário retirar o atendimento do Hospital para realizar as cirurgias, mas fizeram isso para que a população se acostumasse com o atendimento na UPA”, conta.

Medeiros informou que vai entrar com uma ação junto ao Ministério Público para apurar o caso. “Ele ainda diz que o prefeito amigo da criança”, ironiza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *