Vereador Mitu do Sindicato denuncia ‘gato de energia’ em casa do TFD de Juazeiro em Salvador

Da Redação

O vereador Mitu do Sindicato (PCdoB) entrou em contato com a reportagem do AP para informar que a Casa de Apoio para Tratamento Fora de Domicílio (TFD), localizada em Salvador, teve a suspensão do fornecimento de energia devido a falta de pagamento.

TFD em Salvador

“A sociedade de Juazeiro recebeu um vídeo de uma senhora que estava na casa atendendo pacientes através da luz de vela devido a falta de pagamento referente aos meses de novembro e dezembro”, relatou o vereador.

A mesma senhora que estava acompanhando um paciente gravou um áudio e enviou à imprensa relatando o fato. “Alguém de Juazeiro, ligou pra cá pedindo para um rapaz fazer a religação, o que foi feito por volta das 9 horas da noite (…) Aqui tinha diversos pacientes debilitados, cirurgiados e crianças. Estou aqui acompanhando uma pessoa que está com problema de visão (…) Quando o pessoal da Coelba chegou no outro dia cedo para fazer a religação, encontrou a luz ligada. E disse que isso iria gerar um outro problema. O rapaz da Coelba falou ainda que esta energia deveria ter sido cortada desde  novembro”.

O gerente administrativa da Casa de Apoio, senhora Isabela Ariana do Nascimento, enviou vídeo à imprensa contestando a informação, afirmando que as contas estavam pagas,  e que o problema teria sido ocasionado na fiação. “O fato ocorreu por volta das 16 horas, e isso foi devido a problema na fiação, pois não procede a informação do corte de energia por falta de pagamento. A energia já foi restabelecida agora a noite dentro de um prazo hábil”.

De acordo cópia do prontuário, destaca débitos referente duas faturas: a do mês de novembro o valor é de R$ 1.98.83 e dezembro de R$ 1.673,12. Veja abaixo:

No dia seguinte, uma equipe da Coelba compareceu ao local com o prontuário de religação. “Isso prova que houve um gato, quer dizer um crime o que complica mais ainda a imagem de nosso município”, afirma o vereador Mitu do Sindicato. “A prefeitura vem divulgando que economizou no ano passado quase dois milhões em despesas, agora não entendo como não tem dinheiro para pagar a energia de uma casa de apoio na capital, e ainda tentando desmentir as pessoas que fizeram a denúncia”, lamentou.

“Se em Salvador a situação está assim, aqui em Juazeiro as coisas são mais graves. Tem um senhor com 15 dias na UPA precisando de uma regulação. O posto de saúde do Praia do Rodeadouro está sem funcionar devido a falta de água, isso porque não tiveram competência para resolver um simples problema na caixa d’água”, lamentou o vereador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.