Vídeo: Meia dúzia faz manifestação pelo fim da quarentena na Bahia e fala em pegar em armas por Bolsonaro

O protesto, em Salvador, ocorreu no mesmo dia em que a Secretaria da Saúde registrou a primeira morte no estado pelo coronavírus

Apesar das inúmeras recomendações das autoridades da área da saúde sobre a necessidade de isolamento domiciliar, por conta do avanço exponencial do novo coronavírus, um grupo de bolsonaristas foi às ruas na manhã deste domingo (29), em Salvador, na Bahia.

A manifestação, contra a quarentena, foi um fracasso de público e não reuniu, sequer, dez pessoas. Em tom provocativo, um homem gritava: “Avisa Rui, que nós estamos na rua”, se referindo ao governador baiano, Rui Costa (PT), defensor do isolamento social.

Outro homem, também aos gritos, afirmava: “Se tiver que pegar em armas, se o presidente (Jair Bolsonaro) convocar, eu vou”.

Morte

O protesto ocorreu no mesmo dia em que a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) registrou a primeira morte no estado em decorrência do novo coronavírus. A informação foi divulgada na manhã deste domingo (29).

O paciente era um homem de 74 anos, que estava internado em um hospital privado de Salvador. Segundo informações da Sesab, a morte ocorreu na noite de sábado (28).

Até o momento, a Sesab confirmou a ocorrência de mais quatro novos casos no estado. O total, até o momento, é de 127.

Bahia Notícias

@BahiaNoticias

Ato contra isolamento social pela Covid-19 acontece em Salvador. Acompanhe no Bahia Notícias: http://bahianoticias.com.br 

Vídeo incorporado

594 pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *