Vídeo: Nova York passa a enterrar vítimas do coronavírus em valas comuns

As imagens feitas por um drone, divulgadas pela BBC, mostram cenário que remete à segunda Guerra Mundial

Nova York enterra vítimas do coronavírus em vala comum em Hart Island, no Bronx (Reprodução/BBC)

Concentrando o maior número de mortos – e de casos – do coronavírus nos Estados Unidos, a cidade de Nova York passou a enterrar os mortos pela Covid-19 em valas comuns em Hart Island, uma ilha na região do Bronx, onde normalmente são enterrados indigentes e moradores de rua.

As imagens feitas por um drone, divulgadas pela BBC, mostram cenário que remete à segunda Guerra Mundial. Detentos usando equipamento de proteção individual, as chamadas EPIs, usam uma escada para descer dezenas de caixões que são empilhados em covas gigantes.

Com 799 novas mortes no Estado registradas nessa quinta-feira (9), o número de vítimas fatais da Covi-19 passou de 7 mil em Nova York, que busca evitar um colapso do sistema funerário.

Em todo o país, os EUA registraram na última contagem 16.478 mortos, ultrapassando a Espanha e se tornando o segundo país com maior número de vítimas fatais, ficando atrás apenas da Itália.

O país tem mais de 460.000 pessoas infetadas, de acordo com a universidade Johns Hopkins. O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 89 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *