Wagner compara pesquisas de 2006 e 2022: Qualquer semelhança não é mera coincidência

Segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (21), candidato do PT ao governo da Bahia cresceu 3 pontos percentuais

Matheus Morais
Foto: assessoria/Geraldo Júnior
Foto: assessoria/Geraldo Júnior

 

O senador e ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) comemorou os novos números da pesquisa Datafolha, encomendada pela Rádio Metropole e divulgada nesta quarta-feira (21), que mostra o crescimento de 3 pontos do candidato petista ao Palácio de Ondina, Jerônimo Rodrigues. Ele agora tem 31% das intenções de votos contra 48% do ex-prefeito de Salvador e candidato do União Brasil, ACM Neto.

Em seu perfil no Twitter, o senador comparou os números da atual pesquisa com os de outro levantamento, só que do ano de 2006, quando ele foi candidato ao governo baiano e derrotou o ex-governador Paulo Souto, na época filiado ao PFL, no primeiro turno, desbancando o grupo carlista, que estava no poder há mais de 20 anos. Os índices comparados por Jaques Wagner são idênticos.

“Qualquer semelhança não é mera coincidência! A Bahia é 13!”, escreveu o ex-governador.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.