Wilson Cota realiza convenção com grande público e muita emoção em Casa Nova

Cota recebe apoio de deputados
Cota recebe apoio de deputados

Grazzielli Brito – Ação Popular

A convenção do PMDB em Casa Nova, que aconteceu na sexta (29/06), contou com a presença de cerca de duas mil pessoas e muita emoção. A homologação da candidatura de Wilson Cota para prefeito e Maninho do Sindicato (PDT) como vice foi bastante aguardada pelo cidadão casanovense que se fez presente no Clube Recreativo da Cidade. O candidato reuniu PMDB, PP, PPS, PTB, PDT, PSDC, PRTB, PRB, PSDB, PTN, PT do B e PSC na coligação “Para uma Casa Nova”.

A convenção foi realizada pelo anseio da população, junto à oposição, de mudança e transformação na cidade. Anseio esse entendido pelo vereador João Honorato do PP que rompeu com atual prefeito e subiu no palanque de Wilson Cota. “O que me trouxe aqui para dar esse apoio foi o desmando da atual gestão, além disso, vim porque trouxe as bandeiras progressistas, entre elas a da educação, uma educação inclusiva e integral para nossas crianças. A esperança está no PMDB e Wilson Cota”, disse.

O discurso de Joelma, esposa de Cota, emocionou a todos os presentes.“Quando perdemos a eleição há quatro anos atrás disseram que íamos embora da cidade. Ficamos ao lado do povo de Casa Nova, aí vieram todas as calúnias. Não é fácil ouvir o que disseram de meu marido sabendo que tenho ao lado um homem sério e honesto”, contou Joelma bastante emocionada e se direcionou ao esposo dizendo “Pegue todas as pedras que lhe atiraram e transforme em obras para esse povo”, disse às lagrimas.

Já o vereador José Eduardo, vereador do PPS, convocou o casanovense à guerra por dias melhores. “Queremos dias melhores não para os políticos, mas para a população. O prefeito está esperando acabar nossa convenção pra começar a dele pra ver se parte de quem está aqui vai pra lá. Mas sei que vocês não vão porque não se rendem. Estamos em guerra pela honestidade em Casa nova, contra esse grupo de malfeitores que está governando nossa cidade e caluniando Wilson Cota, vocês são soldados de Cota nessa guerra e nossa arma é o voto”, aclamou o vereador que em seu discurso fez duras acusações ao atual prefeito.

“Cadê os 380 milhões de saúde? Eu digo que 20% esta no cofre da família Xavier e 5% por cento entre vereadores corruptos. Digam-me como que um prefeito que recebe 9 mil por mês tem uma casa de 4 milhões de reais? Colocou a irmã como secretária de educação, o filho na secretaria de saúde. Essa vergonha tem que acabar”, denunciou José Eduardo. O atual vice-prefeito Ciro Viana ((PSDB) esteve na convenção e discursou. “Eu e minha família entregamos os cargos na prefeitura por não concordar com o que acontece nela. Tudo o que foi dito durante a campanha era uma farsa e não aceitei essa farsa por isso que estou aqui hoje.”

Também estiveram no palanque de Wilson Cota os deputados estaduais Adolfo Viana Neto (PMDB) e Roberto Carlos (PDT). “Aqui em Casa Nova o PDT está aliado ao PMDB porque é vontade do povo e é o certo. Entendemos que calúnia e perseguição não é forma de fazer política queremos liberdade, trabalho digno e o melhor para esse município”, disse Roberto Carlos entusiasmado. No esperado discurso de Wilson Cota, ele agradeceu a todos que estiveram trabalhando pela coligação formada, a cada partido e seus representantes, a sua família, aos políticos e principalmente à população que se fez presente.

O espaço ficou pequeno para a grande quantidade de pessoas
O espaço ficou pequeno para a grande quantidade de pessoas

“Vou fazer uma campanha limpa, não vou responder provocação porque não vale a pena. Sou lutador, sou guerreiro e não vou abrir a guarda. Vou lutar até o fim pelo povo desta cidade que não tem escola, não tem água, não tem estradas, não tem saneamento. Hoje a prefeitura trocaágua e cesta básica por voto. Vou lutar para que vocês tenham o que é direito de vocês”, garantiu o candidato. Wilson Cota disse que os filhos de Casa Nova têm direito a nascer em Casa Nova “para isso precisamos melhorar a saúde, construir hospital e providenciar médicos. Vamos trazer benefícios para a população. Vejo aqui hoje um grupo com apetite de acabar com a ditadura que a cidade tem vivido e só o povo é capaz disso votando”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *