YouTube remove vídeo onde Malafaia chama isolamento de “quarentena de araque”

No local do vídeo aparece mensagem dizendo: “Este vídeo foi removido por violar os Termos de Serviço do YouTube”

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O YouTube removeu vídeo do canal do pastor Silas Malafaia, nesta sexta-feira (3), onde ele mostrava gente pelas ruas de duas comunidades do Rio de Janeiro e chamava as medidas de isolamento social em proteção ao coronavírus de “quarentena de araque”.

No local do vídeo aparece mensagem dizendo: “Este vídeo foi removido por violar os Termos de Serviço do YouTube”.

Nesta quinta-feira, pela mesma razão, o Twitter apagou sete postagens do pastor.

“Eu quero bater palma pra essa gente pobre, trabalhadora que está desmoralizando essa quarentena de araque de governadores e prefeitos. Todas as comunidades do Brasil estão abertas”, dizia Malafaia no vídeo.

A postagem de Malafaia recebeu inúmeras críticas pelas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *