Com medo do Datafolha e de Lula, campanha de Bolsonaro já prepara desculpa

O discurso já está definido no governo federal para justificar um eventual – e provável – desempenho ruim de Bolsonaro na pesquisa

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Reuters/Adriano Machado)

Ainda que os números da pesquisa Datafolha desta quinta-feira (18) para presidente da República não sejam conhecidos, a campanha de Jair Bolsonaro (PL) pela reeleição já preparou uma desculpa para evitar o eventual – e provável – desempenho ruim do chefe do Executivo no levantamento.

Segundo Bela Megale, do jornal O Globo, “a ideia é dizer que os eleitores bolsonaristas se recusam a responder o Datafolha e que, por isso, o levantamento do instituto não pode ser considerado um parâmetro”.

Ou seja, a campanha de Bolsonaro quer fazer com que a população acredite que os apoiadores do chefe do governo federal se recusam a responder a pesquisa que, com a participação deles, poderia ajudar na reeleição de Bolsonaro.

O que se viu nesta semana é que, segundo a pesquisa Ipec, o ex-presidente Lula (PT) é favorito para vencer a eleição já no primeiro turnoO mesmo se repetiu na pesquisa Quaest.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.