Fátima Bernardes relaciona fala de Bolsonaro sobre repórter da Folha com assédio em Uber

Apresentadora afirmou que desrespeito de Bolsonaro com as mulheres desencadeia inclusive casos de assédio. Veja o vídeo

A jornalista Fátima Bernardes foi para cima do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ), durante transmissão ao vivo no programa “Encontro”, desta quarta-feira (19), em função dos insultos do presidente à jornalista Patrícia Campos Mello. A apresentadora afirmou que a postura misógina de Bolsonaro inspira outras pessoas a fazerem o mesmo.

Fátima relacionou o caso com o de uma adolescente de 17 anos que sofreu assédio de um motorista do Uber. “É por isso que a gente vê um comportamento como esse vindo do presidente e logo depois a gente é obrigado a dar notícia de outro caso que gerou discussão, que é de uma adolescente de 17 anos que denuncia um motorista de aplicativo por assédio sexual, e ele diz que a culpa é da menina”.

“É muito triste a gente ver o presidente do nosso país com uma declaração como essa, tentando fazer um ataque sexual a uma jornalista respeitada. Mas, no nosso país, nós mulheres vivemos lutando por espaço, por respeito. É muito frustrante e deixa todas nós indignadas quando a gente vê um ataque como esse partindo da pessoa que tem o cargo mais importante e que se esquece que governa para todas as mulheres”, disse ainda.

𝕮𝖆𝖓𝖈𝖊𝖗𝖎𝖆𝖓𝖏𝖔 🏳️‍🌈@_c_o_r_e

E a Fátima Bernardes que jantou logo cedo o presidente demente desse país.

Vídeo incorporado

1.541 pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *