Governo aboliu PNC para acidentes com óleo este ano

Governo Bolsonaro extinguiu comitês do plano de ação de incidentes com óleo. Plano Nacional de Contingência (PNC) foi criado em 2013, na gestão de Dilma. Governo Bolsonaro extinguiu comitê e mais uma dezena em abril desse ano.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Do Último Segundo – IG

 

O governo Bolsonaro extinguiu dezenas de conselhos da administração federal em abril deste ano. Desses, dois eram integrantes do Plano Nacional de Contingência Para Incidentes de Poluição por Óleo em Água (PNC), criado no ano de 2013.

Por conta dessa extinção associada ao desastre ambiental envolvendo o litoral nordestino, o Ministério Público Federal deu entrada em uma ação contra o governo federal na quarta (17), alegando omissão diante do cenário. O Ministério pediu que a Justiça Federal obrigue o governo Bolsonaro a colocar em vigor o PNC. O prazo do pedido era de 24h.

A Procuradoria alega que o governo federal não está adotando medidas adequadas para conter a emergência ambiental.

Já foram contabilizados mais de 180 pontos de contaminação por petróleo no litoral nordestino de acordo com informações apuradas pela Folha de São Paulo junto ao Ibama. Isso representa uma faixa de 2.100 km contaminados em nove estados. As primeiras manchas foram vistas em agosto, em praias da Paraíba.

A extinção dos conselhos poderia ser parte da explicação para a demora de ações de contenção do desastre por parte do governo federal.

O PNC foi instituído no governo Dilma e tinha como intuito preparar o país para enfrentar situações como essa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *