Governo enganou população ao não recuperar estradas afetadas pelas chuvas, diz deputado

A decisão do Governo do Estado de recolher máquinas sem executar serviços de recuperação de estradas e acessos a comunidades que foram afetadas pelas chuvas do início de julho, no Agreste e Mata Sul, indignou o deputado estadual Álvaro Porto (PSDB). Para ele, a conduta só reforça o descaso com a população e o caráter marqueteiro das supostas ações da gestão estadual.

“Agiram como agem no tal plano denominado de retomada. Aparecem, fazem anúncios, mas não executam nada. Só enganam o povo. Em relação aos estragos das chuvas, foi a mesma enganação”, diz, acrescentando que vai entrar com pedido de informação sobre os contratos feitos para a prestação de serviço junto aos municípios atingidos. “O povo de Pernambuco, em especial os moradores das áreas afetadas, precisam saber quais empresas foram contratadas e quanto de dinheiro público foi utilizado nos contratos”, frisa.

O prefeito de Quipapá, na Mata Sul, Alvinho Porto, informa que as máquinas enviadas pelo Governo já deixaram o município há mais de dez dias. Quipapá foi um dos mais afetados pelas chuvas na região, somando prejuízos materiais, econômicos e sociais, afetando mais de 400 moradias. Segundo ele, as obras de recuperação de estradas não avançaram. Trechos longos permanecem intransitáveis, prejudicando a vida de comunidades inteiras.

“Conversei, hoje, com o secretário de Desenvolvimento Agrário, Cláudio Asfora, e ele informou que o saldo do contrato (para os serviços de restauro das estradas) expirou. Isso é uma falta de respeito com o povo de Quipapá. O secretário veio aqui, viu a situação, conversou conosco, se comprometeu a fazer o que precisa ser feito, mas não foi isso que aconteceu. O governo mentiu e enganou as pessoas”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.