Irmão do bicheiro Maninho é assassinado na Barra da Tijuca

Bidi Garcia era irmão do bocheiro Maninho
Bidi Garcia era irmão do bocheiro Maninho Foto: Facebook / Reprodução

Alcebíades Paes Garcia, o Bidi, foi morto a tiros, na madrugada desta terça-feira, na Avenida Jornalista Henrique Cordeiro, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Ele era irmão do bicheiro Waldomir Paes Garcia, o Maninho, assassinado no dia 28 de setembro de 2004, quando deixava uma academia de ginástica na Freguesia, em Jacarepaguá, também na Zona Oeste. Testemunhas do crime prestam depoimento na Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), nesta manhã.

A Polícia Militar informou que equipes do 31° BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram acionadas para checar “uma ocorrência envolvendo disparos de arma de fogo”. Ao chegarem no local, os policiais encontraram um veículo perfurado por tiros e o homem, já morto.

A área foi onde estava o automóvel — que seria uma van — foi isolada para a realização de uma perícia. Investigadores da DHC tentam localizar câmeras de segurança que possam ter registrado o crime. O corpo de Bidi será levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará por uma necrópsia.

Filha de Maninho baleada

Em 8 de novembro do ano passado, a empresária Shanna Harrouche Garcia, de 34 anos, filha de Maninho, foi baleada numshopping no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Na ocasião, ela foi atingida por dois disparos, mas teve lesões graves. Logo após o crime, Shanna acusou o ex-cunhado, Bernardo Bello.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *