Pilão Arcado: Prefeito não comparece a reunião com APLB

Da Redação

O candidato a prefeito da Coligação de Afonso, Orgeto Bastos, não compareceu à reunião combinada para a manhã desta quinta-feira (23/01) na sede da APLB, nos moldes da que foi realizada com o candidato Mundoca da Coligação “Pilão Quer Mudança”, no último dia 16, apesar de circular nas imediações da sede da entidade no horário em que se realizava a reunião.

A reunião idealizada pelos Coordenadores da APLB Sindicato – Núcleo Pedra Branca, Pilão Arcado, serviria para obter do candidato o compromisso de se eleito atender a APLB, sempre que possível, como representante legítima dos professores; discutir o Concurso de 2008, a utilização do dinheiro dos precatórios do FUNDEF/FUNDEB, licenças sindicais e o cumprimento do Plano de Carreira do Magistério.

Com a ausência do candidato, prefeito em exercício e candidatando-se à reeleição, que também iria responder se aceitaria participar de um debate público, mediado pela APLB com o candidato de oposição Mundoca, essas questões continuam sem resposta ou sem compromisso, pois a opinião externada nos grupos de redes sociais que reúnem professores da rede municipal, é de que “nem Luiz Henrique, nem Rosimeire, tem autonomia para assumir qualquer compromisso em nome da prefeitura e menos ainda quando se trata de dinheiro”.

O que foi discutido

Noildo Gomes do Nascimento, Advogado da APLB, sugeriu que se construa “um canal permanente de diálogo” entre a APLB e a Secretaria de Educação. Outra proposta de Neildo Nascimento foi de vincular 25% da cessão onerosa dos royalties do petróleo para a educação.

A Secretaria apresentou o calendário escolar 2020, com previsão de início 17 de fevereiro e término 16 de dezembro, podendo se estender até 22 de dezembro, caso haja paralisação. Com a proposta de não haver sábados letivos. Em caso extremo, haverá compensação de aulas aos sábados. De acordo com Rosimeire Rocha o terço de férias será pago até 10 de fevereiro de 2020 e o piso do magistério 2020 será pago ainda em janeiro.

A ausência do prefeito, visto nas imediações da sede da APLB exatamente no horário da reunião e cumprimentando clientes na Churrascaria Canoas, inviabiliza qualquer possibilidade dele vir a assumir compromissos sérios com a classe, analisa um dos coordenadores presentes à reunião.

A APLB deve comunicar oficialmente ao candidato Mundoca que o prefeito não se pronunciou sobre o convite para um debate.

Na reunião estavam presentes o Coordenador da APLB, Núcleo Pedra Branca, o Professor Gilmar Cavalcanti e os integrantes da direção: George Moreira, Josafá Moreira, Marinete Teixeira e Noildo Gomes do Nascimento, Advogado da APLB. Representando a Prefeitura Municipal de Pilão Arcado, Rosimeire Rocha Secretária de Educação de Pilão Arcado e Luiz Henrique do Vale Silva, um dos advogados da Prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *