Prefeitura de Casa Nova rebate denuncia sobre lixão

Ao Editor do Jornal “Ação Popular”:

A matéria “Por falta de responsabilidade, Prefeito de Casa Nova deixa nuvem tóxica do lixão invadir a cidade”, só tem de correto a informação que moradores da sede da cidade de Casa Nova sofreram com uma nuvem de fumaça advinda da queima de resíduos sólidos do lixão da cidade.


Em respeito à verdade e em resposta à essa nota, que não corresponde à verdade em todos as outras informações, solicitamos-lhe que veicule o que se segue:
Não há “total abandono” no município de Casa Nova. Mente quem afirma isso. Obras e recursos, incentivo à cultura, à criação de empregos e renda, infraestrutura, desenvolvimento da educação e ampliação dos serviços de saúde, mostram trabalho, dedicação e empenho do gestor de Casa Nova. Poderíamos listar inúmeras obras, em andamento, que atestam isso.
O lixão, aterrado constantemente pela prefeitura, é uma herança de quem agora se apresenta como “salvador da pátria”, prometendo o que não fez quando esteve no poder e não fará se algum dia voltasse. A queima é ação de vandalismo, já denunciada e seus autores prestes a serem identificados pela polícia.
O Prefeito Wilker Torres, na direção contrária aos que exerceram a gestão do município, desde 1976, já adquiriu um terreno, em local afastado, que será o lixão de Casa Nova e onde serão depositados os resíduos sólidos da cidade de Casa Nova e da sede de Santana do Sobrado.
A solução demanda custos, estudo de engenharia e preparação para o tratamento do lixo, mas será efetivada antes do final deste mandato. A população de Casa Nova não merece continuar a mercê da fumaça que, efetivamente, incomoda.
Ao final nosso pesar àqueles que querem se manter em evidência sem se importar efetivamente na solução dos problemas, mas sim torcendo pelo pior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *