Professores da rede estadual fazem paralisação nesta quinta-feira (26) contra projeto de Paulo Câmara sobre piso salarial para parte da categoria

Foto: Yacy Ribeiro/ JC Imagem
Foto: Yacy Ribeiro/ JC Imagem

Nesta quinta-feira (26), educadores da rede estadual de ensino paralisam novamente as atividades por 24h. A categoria também realiza um ato em frente ao Palácio do Campo das Princesas, nesta manhã.

A paralisação é tanto nas atividades e aulas presenciais quanto nas atividades remotas como as aulas online.

O protesto é realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) que reivindica ao Governo do Estado o pagamento do Piso Salarial do Magistério com repercussão na carreira de toda a educação.

Para o Sintepe, o conteúdo do Projeto de Lei 1.720/2020, enviado pelo Governo para a Assembleia Legislativa, “enterra o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Trabalhadores/as em Educação, ao aplicar o Piso do Magistério para apenas 5.611 professores/as e deixar de fora 57.389 professores/as e servidores da educação de qualquer ajuste garantido em lei”.

“O Sintepe vai continuar denunciando o descaso do Governo do Estado com a educação e com os/as trabalhadores em educação”, diz a categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *