Ucrânia aprova castração química forçada para pedófilos

Ucrânia aprova castração química forçada para pedófilos

A medida visa a impedir a reincidência no crime após condenados por pedofilia deixarem a prisão.

Uma nova legislação foi aprovada na Ucrânia com o objetivo de aumentar a punição a criminosos condenados por pedofilia.

A medida permite que os culpados por crimes sexuais graves contra crianças sejam castrados à força, por meio de injeções químicas antiandrogênicas, informa o jornal português Correio da Manhã.

Os parlamentares acreditam que a nova lei será popular entre os eleitores ucranianos, já que foram aprovadas na mesma semana em que uma série de ataques aconteceram contra crianças no país.

Em um caso que chocou a nação, uma menina de 11 anos foi morta após tentar lutar contra seu agressor. Seu corpo foi encontrado em uma fossa seis dias depois e o criminoso, Nikolay Tarasov, de 22 anos, que era amigo da família, acabou preso e admitindo a tentativa de estupro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *