Coronavírus: Anvisa fará avaliação clínica de passageiros de navio que atraca em Santos

Em nota, Anvisa contradiz a Secretaria de Saúde de Santos, que havia informado que dois tripulantes do navio que chega hoje à cidade estariam com suspeitas de coronavírus

Vista aérea do Porto de Santos (Wikipedia)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota neste domingo (16) em que diz que fará uma avaliação clínica de todos os passageiros do navio Kota Pemimpin, de bandeira chinesa, que vai atracar no porto de Santos nesta segunda-feira (17).

“Levando em conta o princípio da precaução e, mesmo não havendo nenhum caso abordo que se enquadre na definição de caso suspeito para Coronavírus pelo ministério da Saúde, a Anvisa irá a bordo da embarcação e fará, em conjunto com a vigilância epidemiológica do Estado de São Paulo e do município de Santos, a avaliação clínica de todos os tripulantes. Também será feita uma avaliação sanitária completa da embarcação”, diz o documento.

Na nota, a agência contraria a Secretaria de Saúde de Santos, que havia informado, por meio de nota, que o Departamento de Vigilância em Saúde da cidade havia sido notificado pela própria Anvisa sobre dois tripulantes com sintomas suspeitos do novo coronavírus em navio de bandeira de Hong Kong.

“A Anvisa reforça a informação que não há nenhum tripulante doente no navio Kota Pemimpin, de bandeira chinesa. A embarcação chegará ao Porto de Santos na segunda-feira, dia 17 de fevereiro, e, até o momento, não há nenhum motivo para preocupação”, diz o texto divulgado pela Anvisa.

Pelo Twitter, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta (DEM-MS) enfatizou que não casos de tripulantes doentes ou suspeitos de coronavírus no navio de bandeira chinesa.

Henrique Mandetta

@lhmandetta

A @anvisa_oficial 🇧🇷 informa que NÃO HÁ NENHUM TRIPULANTE DOENTE OU SUSPEITO DE CORONAVÍRUS no navio de carga de bandeira chinesa🇨🇳. O Porto de Santos possui Plano de Contingência para Emergências e, de acordo com o plano, inspeções conjuntas são previstas.

Ver imagem no Twitter
186 pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *