Dia dos Pais: torcedor do Flamengo tatua momento especial ao lado do filho na final da Libertadores

Foto da final da Libertadores em Lima que deu origem à tatuagem feita por Marcos Vinicius Fernandes Campos
Foto da final da Libertadores em Lima que deu origem à tatuagem feita por Marcos Vinicius Fernandes Campos Foto: Arquivo Pessoal
Tatiana Furtado

Desde os três anos de idade, Vinícius Fernandes Campos, de 15, acompanha o pai Marcos Vinicius nos jogos do Flamengo no Maracanã. Eventualmente, uma ou outra viagem coincidiu com o jogo do Rubro-Negro em outro estado. Mas nada se compara com a experiência que viveram em Lima, no título da Libertadores, e se eternizou numa tatuagem feita por Marcão. Nela, pai e filho caminham, de costas, devidamente paramentados com o uniforme do time.

A ideia veio de uma foto tirada por um amigo que os acompanhava na final da Libertadores. Já é uma marca registrada da dupla, que repete a cena com frequência. Normalmente, estão vestindo a camisa rubro-negra.– Sempre repetimos essa foto desde que eu era muito pequeno, pai e filho andando para frente. Ela foi eternizada devido ao momento. E não foi depois do jogo, foi antes, indo para o estádio. É muito especial. Como meu pai queria fazer uma tatuagem para marcar aquele momento, no fim do ano passado ele escolheu essa. Só finalizou em janeiro – conta Vinicius, cuja formatura foi no dia da final do Mundial no Qatar, por isso não viajou.

O adolescente quer seguir os passos do pai e marcar seu corpo com aquele momento inesquecível. Assim que atingir a maioridade, ele pretende tatuar a foto, um pouco mais estilizada.

– Quero algo mais minimalistas, só o contornos dos dois corpos, e os números das camisas, sem tantos detalhes. E também quero tatuar os tempos dos dois gols do Flamengo – afirma.

Estreia de Vinicius no Maracanã: Flamengo x Macaé em 2008, aos três anos
Estreia de Vinicius no Maracanã: Flamengo x Macaé em 2008, aos três anos Foto: Arquivo Pessoal

Neste Dia dos Pais, não vão poder fazer o que mais gostam: passar uma tarde de domingo no Maracanã, como acontece desde 2008, num Flamengo x Macaé que marcou a estreia de Vinicius no estádio. Nem por isso vão deixar de acompanhar a estreia do Rubro-Negro no Brasileirão, contra o Atlético-MG.A expectativa para essa temporada é alta.

– Por tudo que ganhamos nos últimos tempos, por nosso elenco, por ter um novo treinador que se mostrou competente na Europa, espera-se muito do time. É triste não poder acompanhar de forma direta, é o que mais sinto saudades. De não poder sair de casa e ir ao jogo, de estar naquele clima da torcida num só lugar que é o Maracanã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *