Ditadura boliviana inicia o massacre

A Telesur fala em cinco vítimas fatais até agora.

Foto: Twitter

Denúncias nas redes sociais, com fotos e vídeos, dão conta de um massacre contra a população na noite desta sexta-feira (15), nas proximidades de Cochabamba, na Bolívia.

A Telesur afirma que, apesar de reiterar que os protestos contra o golpe de estado são pacíficos, policiais e Forças Armadas reprimiram fortemente os manifestantes lo local, o que causou a morte de cinco pessoas até agora.

Usuários de redes sociais denunciaram uma barreira para impedir a forte repressão das autoridades locais.

As vítimas se somam às dez mortes contadas pelo Instituto de Investigações Forenses (IDIF), uma entidade que também alertou sobre dezenas de feridos após fortes repressões.

Após quatro dias da autoproclamação da senadora Jeanine Áñez, que nomeou várias autoridades, um total de 15 pessoas morreram.

Após o golpe de estado contra o presidente Evo Morales, os bolivianos continuam mobilizados para exigir respeito pela democracia e a renúncia de Áñez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *