Policiais civis paralisam atividades por 24h, nesta quarta-feira (8)

Categoria pede implantação do protocolo de biossegurança nas delegacias, além do pagamento de adicional de insalubridade

Redação
Foto: Alberto Maraux/SSP-BA
Foto: Alberto Maraux/SSP-BA

Os policiais civis da Bahia decidiram parar as atividades por 24 horas, a partir desta quarta-feira (8), em Salvador e em todo o estado. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), Eustácio Lopes, 30% do efetivo continuará trabalhando em todas as unidades, atendendo apenas casos de prisão em flagrante e levantamento cadavérico.

O presidente do Sindpoc explica que a categoria pede a implantação do protocolo de biossegurança nas delegacias territoriais, assento no Comitê de Crise de Combate à Covid-19 da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) e pagamento de adicional de insalubridade para todos os policiais civis.

Os policiais se reuniram em assembleia virtual, na última quinta-feira (2) com representantes do sindicato, e demais entidades – Coletivo Juntos Somos mais Fortes, e decidiram por paralisar as atividades por 24h, alegando que não existe diálogo com o governo do Estado.

Ainda segundo o sindicato, quem necessitar registrar algum procedimento durante a paralisação deve buscar a Delegacia Digital na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *