“Toda a esquerda foi vitimada pelo antipetismo”

Juliano Medeiros
Juliano Medeiros (Foto: Brasil 247)

O presidente do Psol, Juliano Medeiros, concedeu uma entrevista ao jornalista Ricardo Galhardo, publicada no jornal Estado de S. Paulo, em que apontou Jair Bolsonaro como o maior derrotado nas eleições municipais e também indicou avanços para a esquerda. “O grande derrotado é o Jair Bolsonaro. A imensa maioria dos candidatos apoiados por ele teve péssima votação”, afirmou. “Ficou evidente que a teoria do demônio de duas cabeças, de um lado o bolsonarismo e, de outro, a esquerda caiu por terra. O PSOL foi o partido que mais cresceu no Brasil, embora em números absolutos não seja comparável com os antigos partidos. E o restante da esquerda não foi mal”, disse ainda.

Juliano Medeiros também afirmou que a esquerda como um todo é vítima do antipetismo. “Toda a esquerda foi vitimada pelo antipetismo que se construiu a partir da Operação Lava Jato e das denúncias de corrupção. Demonstrar que a associação automática entre esquerda e corrupção e ineficiência administrativa não tem fundamento é dever de todos nós. Isso se faz com boas administrações, com o exemplo, muito mais do que com palavras”, apontou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *