A 1ª derrota de Eduardo Bolsonaro na comissão

A eleição de Edio Lopes (PR-RR) para a Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência foi vista como a primeira derrota de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) na Comissão de Relações Exteriores da Câmara. O filho do presidente comanda o colegiado e era visto como patrocinador da candidatura de Aloysio Mendes (Pode-MA), derrotado por um voto.

A articulação envolveu várias siglas, com Aécio Neves (PSDB-MG) e Arlindo Chinaglia (PT-SP) à frente.

Em reunião com o Planalto e a equipe econômica, o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, ouviu críticas por ter divulgado a mudança no preço do diesel. Integrantes do governo disseram que ele deveria ter reajustado os valores sem chamar tanta atenção.  (FSP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *