Bolsonaro está fora, mas o Nordeste “é o Brasil” na cúpula do clima da ONU

Parece um daqueles campeonatos quando todos os times são desclassificados e resta um, meio desacreditado. Para atrair torcida, os jornalistas dizem “é o Brasil na copa X”. Pois é, o presidente Bolsonaro foi excluído da cúpula do clima por motivos óbvios, mas os estados do Nordeste estarão lá.

A Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas começa neste sábado (21) em Nova York (EUA). A conferência terá a presença de 60 chefes de Estado. Sem o presidente do Brasil, a ONU decidiu abrir um espaço para debater as ações promovidas no Nordeste. Quem falará pela região será om governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

Segundo a assessoria do governador, ele apresentará, entre outras iniciativas, o trabalho desenvolvido na recuperação e ampliação das reservas de caatinga e Mata Atlântica.

A fala de Câmara está prevista para segunda-feira (23), mesmo dia em que discursarão os chefes de Estado, entre eles Emmanuel Macron (França), Boris Johnson (Inglaterra) e Angla Merkel (Alemanha).

Na última quarta-feira, Câmara encontrou-se com o vice-ministro de Economia e Energia da Alemanha, Thomas Bareiss, no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado.

No Twitter, o governador disse que os dois conversaram sobre proteção ao meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

“Ao contrário do que, infelizmente, vemos no Brasil, aqui em Pernambuco apostamos na convergência para avançarmos conjuntamente”, afirmou.

As informações são do Brasil de Fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *