Para Joaquim Neto, sistema de abastecimento na sede e interior está normal

Da Redação

Depois de algumas queixas de moradores pela falda d’água em diversos bairros do município de Juazeiro, o Diretor Presidente do SAAE, Joaquim Neto informa as novidades no órgão, as ações realizadas na sede e no interior do município, a inauguração da nova adutora de 400 mm, a conquista de uma verba junto ao Ministério da Integração para a perfuração de 50 poços no interior, e garante que tem melhorado a distribuição de água em todos os bairros de Juazeiro.

 “Nós temos, na verdade, o reconhecimento da população com relação à melhoria no abastecimento de água. Em 2013 nós tivemos pouquíssimas reclamações por falta de água, basicamente tem sido reclamações pontuais por causa da manutenção na rede. Temos melhorado significadamente a distribuição na sede, não só o volume disponibilizado, como a distribuição. Temos melhorado a distribuição dessa água em todos os bairros, assim como no interior que está atravessando uma das maiores secas dos últimos 50 anos, a gente tem ajudando na convivência com a seca no interior do município”, garante Joaquim Neto.

O diretor informou que a nova adutora do SAAE já está concluída e que aumentou a oferta de água tratada no município. “Em Juazeiro só tinha uma adutora de 400 mm de diâmetro, nós construímos a segunda agora. Com isso, aumentamos em mais de 20% a oferta de água tratada”, informa.

Já a adutora, cuja implantação do sistema de abastecimento de água foi desenvolvido pela Codevasf, em Campo dos Cavalos, povoado próximo ao Salitre, o SAAE ainda não adquiriu a responsabilidade para administrar a distribuição de água para os moradores desta região. “Essas adutoras do Programa Águas para Todos, que está incluso essa região, estamos em fase de transição, e estamos operando as adutoras para ajustar o funcionamento dela para logo em seguida transferir definitivamente para o município. Já temos a adutora da Ilha Grande funcionando, temos a do Jacaré, Periquito, a do Salitre, que e maior de todas e representa 60% de todo esse volume, então acreditamos que dentro de 30 dias a gente assume  definitivamente essas adutoras”.

Outro problema ressaltado pelo diretor está no bairro Dom José Rodrigues, onde vizinhos de uma chácara reclamam do mau cheiro do esgoto que está constantemente aberto, o diretor ressaltou que já tem conhecimento sobre o caso e que o SAAE já está tomando providências. “Já entramos em contato com a Secretaria do Meio Ambiente para fazer a notificação, realmente, dizem que é essa pessoa que quebra a tubulação pra utilizar os dejetos para irrigação e produção de volumoso, tipo sorgo, milho, enfim, produção pra ração animal, e devemos procurar nesta semana o Ministério Público, para ver quais medidas podem ser tomadas, já que não temos maiores poderes sobre essa situação”, respondeu.

Sobre o aumenta o consumo de água nos próximos meses com a chegada da alta estação, Joaquim afirma que o órgão está preparado para atender as necessidades dos consumidores. “Juazeiro só tinha uma adutora de 400 mm, concluímos essa segunda adutora agora e  estamos também com a nova estação compacta de filtros que trata 150 m³/h. Estamos em conclusão dessa obra, e com esses novos filtros vamos ter na estação de tratamento 25 filtros.  19 filtros foram colocados a partir de 2009, ou seja foram colocados  na gestão do prefeito Isaac, então a gente acredita que realmente ter  solucionado os problemas definitivo de falta de água nos bairros”, garante.

Para o interior, o diretor ressalta que tem realizado ações, como a colocação de carros pipa,  além da aquisição de verba para perfuração de 50 poços no interior do município. “Temos ofertado pelo SAAE e pelo Governo Federal, via operação pipa do exército, ações a médio e longo prazo. Temos 1900 pipas mensalmente no interior. Temos ações em relação a manutenção de poços, uma vez feita a manutenção daquele poço, ele passa a dar resultados por  muitos anos. Nesse momento, temos na Câmera de Vereadores uma solicitação de uma aprovação de uma verba especial, que foi uma busca nossa, junto ao Ministério da Integração,  e conseguimos R$ 1,1 milhão para perfuração de poços aqui e no interior do município”.

Segundo o diretor do SAAE, essa suplementação orçamentária está atualmente dependendo de aprovação para que seja aberta a licitação para contratação da empresa para perfurar e instalar esses 50 poços. “Não temos lembrança do SAAE ter perfurado um poço no município de Juazeiro, vamos após essa aprovação pela Câmara dar início ao processo de licitação e instalação desse 50 poços no interior”, completou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *