Eletricista da Celpe é assassinado enquanto realizava corte de energia por inadimplência

Por: Diario de Pernambuco

Foto: Leandro de Santana/Esp DP Foto

O eletricista José Reginaldo de Santana Júnior, 31 anos, funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) foi assassinado na tarde desta terça-feira (29) enquanto realizava a suspensão do fornecimento de energia por inadimplência em um haras de Limoeiro, Agreste pernambucano.

O assassinato ocorreu por volta das 16h, depois que dois funcionários da companhia chegaram para fazer o desligamento autorizado pela Celpe por falta de pagamento. Segundo informações da polícia, o proprietário da fazenda ficou insatisfeito com o corte e disparou sua arma contra um dos funcionários, que morreu no local. O fazendeiro obrigou o outro funcionário, de 39 anos, a religar a energia. Em seguida, forçou o trabalhador a entrar na mala do carro da Celpe.

O crime será investigado pela Delegacia de Homicídios de Limoeiro, através do delegado Fabrício Pimentel. Ninguém havia sido preso até o fechamento desta edição, mas equipes da PM já iniciaram as buscas pelo assassino.

Por nota, a Celpe lamentou o “ato brutal praticado contra o eletricista” e informou que está prestando o apoio necessário à família da vítima.

“O crime ocorreu durante o procedimento legal de suspensão do fornecimento de energia por inadimplência, na zona rural de Limoeiro, Agreste pernambucano. A empresa condena, veementemente, qualquer conduta violenta, sobretudo que atente contra a vida. O departamento Jurídico da concessionária está acompanhando a instauração do procedimento investigativo policial e demanda das autoridades públicas o pleno cumprimento da lei”, destacou a companhia, no comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *