Em Roma, Lula se encontra com Domenico De Masi, ministro e ex-premiê

Os três visitaram o ex-presidente durante o período em que ele esteve preso em Curitiba

  

O ex-presidente Lula publicou em suas redes sociais nesta segunda-feira (17) uma sequência de fotos ao lado do sociólogo italiano Domenico De Masi, do ministro da Economia e Finanças da Itália, Roberto Gualtieri (Partido Democrata), e do ex-primeiro-ministro da Itália Massimo D’Alema. Os encontros aconteceram na mesma viagem em que o ex-líder sindical se reuniu com o Papa Francisco.

O ex-presidente disse que foi retribuir a solidariedade recebida no período em que esteve preso. “Muito bom retribuir em liberdade a visita dos amigos que estiveram comigo em Curitiba demonstrando solidariedade no período em que estive preso injustamente. Grandes companheiros”, escreveu Lula.

De Masio esteve no Brasil em maio do ano passado, quando foi até a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para visitar o ex-presidente. O sociólogo diversas vezes se referiu de forma elogiosa aos governos do ex-presidente Lula.

“A minha ideia é que o bem que ele fez para o Brasil é muito superior ao mal que ele recebeu do Brasil”, disse em entrevista à jornalista Andrea Torrente, da Topview, durante a visita.

Já Gualteri visitou Lula em julho de 2018 – antes de assumir como ministro – e disse que o ex-presidente é “uma referencia para todos os democratas do mundo e da Europa por suas políticas de igualdade social e desenvolvimento”.

D’Alema, por sua vez, foi à Curitiba em setembro de 2018 e classificou a prisão de Lula como “uma monstruosidade”. “Os juristas europeus constataram que a condenação veio em um processo em que não foram garantidos os direitos dele e não existem provas que o incriminam”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *