Isidório quer dialogar com Bolsonaro: ‘Para conversar com doido, só outro doido’

Em discurso na Câmara, deputado se ofereceu para ser interlocutor da Casa com o presidente da República

Redação
Foto: Mateus Soares/ bahia.ba
Foto: Mateus Soares/ bahia.ba

O deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante) voltou a criticar o governo federal de forma inusitada. Após encenar recentemente na Câmara um tiroteio, em protesto contra o decreto que facilita o porte de armas, o parlamentar se ofereceu para ser um interlocutor da Casa com o presidente Jair Bolsonaro, por ser “doido”.

“Eu entendo que é chegada a hora de buscar uma interlocução. Essa Casa precisa tirar uma comissão ou um parlamentar para conversar com o presidente da República. E pelo perfil dele, me sinto preparado para ir até ele, se for necessário. Venho da Bahia, sou conhecido como doido. E para conversar com doido, só outro doido”, discursou o deputado, para risos e aplausos dos oposicionistas.

Vídeo incorporado

Sâmia Bomfim

@samiabomfim

A Câmara quase sempre é um ambiente desgastante, mas de vez em quando a gente dá umas risadas. 😂

4.613 pessoas estão falando sobre isso

A deputada Sâmia Bomfim (PSOL) comentou a fala do colega no Twitter: “A Câmara quase sempre é um ambiente desgastante, mas de vez em quando a gente dá umas risadas”.

No Facebook, Isidório comentou a repercussão do discurso: “A manifestação causou risos no Congresso, mas estava falando sério!”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *