Para evitar a quebra, o próprio interesse?

Deputados da bancada pernambucana que votaram a favor da reforma da previdência vão partir para o contra-ataque ao Sintepe, Sindifisco e outros sindicatos que o criticam. Vão lançar uma campanha explicando à população que o voto a favor da reforma foi, na verdade, a favor dela, para evitar que o Brasil virasse um novo Portugal ou uma nova Grécia.

Cada deputado vai receber R$ 10 milhões por votar a favor. O projeto não corta na carne os interesses de grande figurões do judiciário, militares, políticos, e outros. Outro fato que o governo não cobra dívidas dos grandes devedores, no caso empresários que patrocinam campanhas desses vigaristas. (Titico)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *