Prefeito Isaac descumpriu acordo feito com o Sintrab – Saúde, diz presidente da FESPUMEB

Ação Popular

O presidente da Federação dos Servidores Públicos Municipais do Estado da Bahia – FESPUMEB, José Hélio Borges da Silva Santana, afirmou que o Prefeito Isaac Carvalho (PCdoB) descumpriu o acordo feito com a categoria. De acordo com ele, o prefeito deveria ter enviado para a Câmara Municipal de Vereadores um projeto de cargos e carreiras dos servidores da saúde de Juazeiro, coisa que não foi realizada.

“Infelizmente não foi enviado o projeto, prejudicando mais ainda a categoria. Vale ressaltar que a greve foi suspensa devido à proposta do prefeito que durante reunião com a categoria se prontificou em resolver a situação. Além disso, a administração afirmou que não tinha condições de reajustar os salários dos servidores da saúde, mas em contrapartida poderia enviar o plano de carreira para ser votado na câmara até a quinzena de novembro, com isso foi suspensa a greve e até agora nada foi feito”.

“Isaac recebeu em mãos no dia 27 de setembro o esboço pronto do Projeto de Planos e Carreiros preparado pelo Sintrab, ele recebeu o plano pronto e mastigado, restando somente uma análise da sua equipe. No dia 13 de novembro o Sintrab recebeu da administração municipal uma proposta que não contempla de jeito nenhum os trabalhadores. A proposta incorpora uma gratificação a partir de janeiro de 2014 no valor de R$ 163 reais, esse valor apenas para técnicos auxiliares e agentes de saúde, Isaac esqueceu que o Sintrab não apresenta apenas esses profissionais, onde fica os enfermeiros, odontologos, médicos?”, acrescentou.

Diante do não cumprimento do acordo, Hélio afirmou que a paralisação da categoria será retornada nos próximos dias. “Já enviamos uma carta para a Câmara com a rejeição da proposta acima citada pelo governo e decidimos que o governo tem que dar uma resposta em um prazo de 72h, caso não seja enviado nenhuma resposta vamos nos reunir com toda a categoria na próxima sexta-feira (22), no clube 15 de novembro, a partir das 9h. Com certeza será decretado o estado de greve, onde os servidores estarão em alerta para qualquer comunicado do Sintrab, sendo assim, iremos definir uma paralisação de dias ou uma greve por tempo indeterminado”.

Na ocasião, o presidente alertou a atual gestão. “Já foi enviado um comunicado a todos os 63 sindicatos que compõe a federação no estado e todos eles já estão de sobre aviso, se for necessário e o Sintrab necessitar de ajudar nós deveremos trazer 63 delegações para resolver essa situação, isso é pelo não atendimento da gestão. Iremos mostrar a gestão que a federação não é uma instituição de brincadeira e tem pessoas sérias”, concluiu.

Na Câmara, dirigentes do SINTRAB se reuniram nesta terça-feira (19) com a Comissão de Saúde para que os vereadores possam intermediar a reabertura do diálogo com  a administração municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *