PSDB entra com representação contra propaganda antecipada

PSDB-SP2

O PSDB vai entrar nesta quarta-feira (11) com uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra a presidente Dilma Rousseff por propaganda eleitoral antecipada em rede pública de rádio e TV. O discurso à nação foi ao ar na última sexta-feira (6), em razão do feriado de 7 de Setembro.

De acordo com o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (MG), “desrespeitando o cargo que ocupa, a presidente Dilma Rousseff transformou o espaço republicano de rede nacional de rádio e TV, prevista para finalidades específicas, em acintosa ferramenta eleitoral”.

No discurso, a presidente afirmou que “não podemos aceitar que uma capa de pessimismo cubra tudo e ofusque o mais importante: o Brasil avançou como nunca nos últimos anos”. Ela também falou sobre o programa Mais Médicos e o pacto dos transportes públicos.

A representação tucana cita o “duro golpe” sofrido pela “futura candidata à reeleição” após as manifestações que tomaram as ruas do país como motivo pelo qual Dilma teria “ultrapassado os limites da publicidade institucional”.

Aécio na TV

Como provável pré-candidato do PSDB à presidência da República em 2014, Aécio estreou na terça-feira (10) a segunda leva de inserções da propaganda partidária tucana este ano.

Sem mencionar os protestos de junho, o presidenciável tucano tenta falar a língua dos manifestantes que foram às ruas desde junho, público mais sensível ao discurso de Marina Silva, da Rede. Sem citar Dilma Rousseff, ele põe em dúvida a fama de boa gerente de sua antagonista. (UOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *