Serra recebeu mais de R$ 23 milhões da Odebrecht para liberar créditos junto à Dersa

José Serra e fachada da Odebrecht
José Serra e fachada da Odebrecht (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado | Nacho Doce/Reuters)

Uma operação da Polícia Federal apontou que o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) recebeu da Odebrecht mais de R$ 23 milhões para liberar créditos frente à Dersa em 2009 e 2010. O tucano também recebeu R$ 4,5 milhões entre 2006 e 2007 para gastos de campanhas ao governo estadual.

De acordo com as investigações, o ex-chefe do Executivo paulista desviou dinheiro durante a construção do Rodoanel. Ele teria usado o cargo para receber da Odebrecht pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras.

O ex-governador usou uma offshore para esconder o dinheiro. Segunfo as apurações, Verônica Serra, filha do ex-governador, constituiu empresas no exterior, ocultando nomes, para receber pagamentos destinados ao tucano pela construtora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *