Vereadora Neguinha afirma que ‘Prédio da Santa Casa não será leiloado’ e rebate acusações de candidato derrotado

 

Da Redação

A vereadora Valdeci Alves, a popular Neguinha da Santa (MDB) ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta segunda-feira (22) para descer a madeira em um determinado candidato a deputado derrotado nas últimas eleições, que segundo ela, esta pessoa ocupou espaço na imprensa para dizer que a causa do fechamento do Hospital Santa Casa teria sido provocado por funcionários quando entraram com ações trabalhistas na justiça. Ela aproveitou do momento para informar que a justiça determinou a suspensão do leilão que estava marcado para este mês.

“Todos nós sabemos da problemática que aconteceu na Santa Casa de nossa cidade, e por último um cidadão daqui de Juazeiro – que nunca fez nada pela cidade -, nem muito menos pela Santa Casa, usou dos meios de comunicações   para difamar e desrespeitar os funcionários.  Só deus sabe das nossas condições quando ficamos ali,e nunca nós deixamos que o hospital deixasse de funcionar por causa de um funcionário”, lamentou.

Sem citar o nome, ela mandou um torpedo para ele. “Eu quero que se respeite, e não vá dizer na imprensa que o problemas foram ocasionado por nós quando colocamos na justiça. Ele é muito é do bacana, do porretão, quando a Santa Casa precisou de voluntário esta pessoa nunca deu as caras e hoje aparece como o bom moço, o salvador da pátria”.

A vereadora aproveitou do momento para informar que o leilão do prédio foi suspenso pela justiça. “O leilão não será realizado, e com isso esse cidadão terá que nos engolir   porque o prédio da Santa Casa hoje pertence aos funcionários – ele deve está infartando neste momento -, isso porque a justiça determinou que o recursos sejam para pagar dívidas trabalhistas. Eu trabalhei naquela unidade por quase 30 anos, meu Fundo de Garantia é de R$ 400,00  e ainda me aparece um cidadão com esta falta de respeito  para com os funcionários. Eu ouço cada desaforo que fico bestificada”. Ela mandou um recado para seu desafeto. “Caso ele queira aparecer que use outras maneiras e não os restos mortais da Santa Casa de Misericórdia. Quero que ele se respeite quando disse que tem pessoa na política e levando o nome do hospital, sendo que esta pessoa sou eu e com muito orgulho, mas para isso tenho trabalho prestado  à cidade de Juazeiro.”

Ela desqualificou o seu provocador. “O senhor foi candidato à deputado e não sei qual foi o resultado, não me interessa a sua vida particular (…) Eu te convido para um dia vir trabalhar comigo no meu gabinete   para vê quem realmente trabalha”.

Ele destacou a decisão da justiça suspendendo o leilão. “O juiz Mário Vivas   de Souza Dourando, mandou suspender na tarde de hoje o leilão do prédio porque este imóvel pertence aos funcionários, agora caso o senhor queira entrar na justiça contra nós funcionários  tem o livre arbítrio para fazer isso, e se quiser entrar contra a minha pessoa fique avontade porque o prédio pertence aos funcionários. No entanto, não existe mais leilão, não vou falar o nome dele porque não merece”, detonou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *