Ao menos 25 pessoas são suspeitas de cometerem crimes eleitorais na Bahia

Principais denúncias são suspeitas de boca de urna nos locais de votação

Pelo menos 25 pessoas são suspeitas de cometerem crimes eleitorais neste domingo (02), dia do primeiro turno das eleições 2022. A maioria das ocorrências notificadas foram referentes a boca de urna nos locais de votação, essas foram anotadas nos municípios de Candeias (2), Esplanada (3), Ibirataia (2), Araci (5), Porto Seguro (3), Ipiaú (4), Brejões (1), Milagres (2) e Canarana (1).

Um homem foi conduzido à Delegacia Territorial de Coração de Maria ao ser flagrado fazendo transporte de eleitores, atividade que também é configurada como crime eleitoral. Uma mesária foi levada à Polícia Civil no município de Paramirim, suspeita de violar o sigilo de voto, após efetuar o voto no lugar do eleitor.

Em Ibotirama, um guarda municipal foi conduzido por porte ilegal de arma de fogo, após ocupar a cabine de votação com o objeto, o que é proibido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), exceto para profissionais em serviço.

Já na capital baiana, Salvador, um inquérito policial sobre um ato de injúria racial foi instaurado, depois do suposto crime ter ocorrido numa zona eleitoral no bairro do Stiep. O suposto agressor é um homem de 65 anos de idade, e a vítima uma mesária que trabalhava no local. (BNews)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.