Ausente, ACM Neto se torna alvo dos adversários no debate da Band

Ex-prefeito de Salvador justificou sua falta com dois argumentos: incompatibilidade com sua agenda e precocidade do embate

Romulo Faro
Foto: Assessoria/ UB
Foto: Assessoria/ UB

 

Apesar de ausente ao primeiro debate entre os candidatos ao governo da Bahia nas eleições de 2022, promovido pela TV Band, na noite deste domingo (7), ACM Neto (União Brasil) foi o centro dos ataques dos adversários. O ex-prefeito de Salvador justificou sua falta com dois argumentos: incompatibilidade com sua agenda e precocidade (segundo ele) do embate.

Por volta de 22h, enquanto acontecia o terceiro bloco, o candidato fez em seu perfil no Twitter um post (veja abaixo) com fotos de um ato de campanha no município de Ubaíra.

“Domingo à noite e estou aqui em Ubaíra, junto ao povo baiano. Em todos os abraços, a demonstração do carinho e da esperança por uma Bahia melhor. Foram nove municípios visitados apenas neste fim de semana, somando mais de 200 até este momento da nossa campanha”, escreveu ACM Neto.

Presente à sede da Band, o governador Rui Costa (PT) engrossou o coro dos candidatos sobre a ausência do postulante do União Brasil.

“Só tem uma coisa que justifica: medo de errar, não saber responder uma pergunta evidente ou medo de confessar que não conhece a Bahia. É péssimo para a democracia, porque mostra que ele quer esconder a sua fragilidade perante o eleitorado. Quem tem coragem vem, quem não conhece e tem medo, não vem, é assim”, afirmou Rui.

João Roma: “Quem desiste de uma candidatura, como não vai desistir de um mero debate?”

Jerônimo Rodrigues: “Lamento muito a ausência do ex-prefeito de Salvador, parece que faltou coragem para debater com a gente os projetos e suas ações. Parece que ele já tem esse costume de faltar coragem.”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.