Cara de bestinha, mas mente de b…

Seria cômico se não fosse trágico o prefeito do Recife afirmar, na maior cara de pau, que mandou devolver a dinheirama referente às compras de respiradores para porcos e que em função desse gesto estaria impune de qualquer punição. Ora, o direito versa sem arrodeios que isso, na prática, é confissão do crime. Se o assunto não tivesse vindo à mídia, a partir inicialmente no Magno Martins, a farra então com o dinheiro público estaria mantida. Deveria aprender que não entrou na política para agradar corruptos nem fazer corrupção, mas para lutar pela dignidade do povo, que está morrendo sem saúde, sem educação, sem segurança e sem emprego, por causa do alastramento dos efeitos da Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *