Comandante-geral avalia que a redução da criminalidade em Salvador é um reflexo de ações da PM

[Comandante-geral avalia que a redução da criminalidade em Salvador é um reflexo de ações da PM]

O comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, avalia que a redução da criminalidade em Salvador é um reflexo das ações da corporação e não apenas um efeito da pandemia do novo coronavírus e das medidas adotadas para amplificar o distanciamento social.

“Acho que tivemos um aumento em abril, logo no inicio. Tivemos que fazer um novo planejamento, e nesse planejamento colocamos mais efetivo na rua e demos mais foco em transações centralizadas nas manchas criminais”, avaliou em entrevista ao BNews na manhã desta quinta (2), no Largo da Lapinha.

Brandão avalia que um cenário de “desconforto” para a criminalidade em alguns bairros da capital baiana representa um reflexo da repressão policial, e pondera que é fundamental que a sociedade esteja ao lado da polícia para. “Com o apoio da população nossas ações se tornam mais efetivas”, acrescentou. Ele cita a situação no Parque Jocélia, em Sussuarana.

“Ter uma polícia de um modo que quem reside nesses bairros não seja vitimado – principalmente pelo crime”, ponderou. Para o comandante-geral é necessário evitar o confronto entre facções através da realização de prisões.

“Não vamos permitir que esses elementos se sintam impunes e façam desses territórios áreas sem lei. Muito pelo contrário, temos que dominar o espaço. O território é nosso e a polícia tem que está presente o tempo todo”, concluiu. (BNews)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *