Desafios para o novo governo Júlio Lóssio em Petrolina

Grazzielli Brito – Ação Popular

Os desafios para o segundo mandato do prefeito Júlio Lóssio (PMDB) em Petrolina, Pernambuco, é de comum acordo entre população e gestão de que devem girar em torno da infraestrutura da cidade. Petrolina ainda enfrenta sérios problemas de estruturais como muitas ruas não pavimentadas e começa a sinalizar problemas de mobilidade urbana.

A população já sente e reclama esses problemas e é nessa área de sua administração que tem sido mais cobrado e questionado pelos petrolinenses e, claro, foi bastante usado pelos seus opositores no período da campanha eleitoral, os problemas estruturais da cidade. Segundo o prefeito em sua primeira gestão ele focou mais a humanização, trabalhando questões como educação, melhoria da saúde, e programas sociais, já nesta segunda gestão, pretende priorizar a mobilidade urbana e a infraestrutura da cidade.

Em sua primeira entrevista após sua reeleição já indicou um caminho, propondo um programa de pavimentação em forma de mutirão, nos bairros mais carentes e declarou. “Vou trabalhar as praças tirar bar de praça, construir academias e parques para as crianças. Propiciar mais dignidade pras pessoas”.

Dentro do plano de governo para o próximo quadriênio está o fortalecimento da regularização fundiária, construção de quadras cobertas, reforçar os programas habitacionais, mobilidade urbana e a criação do Parque da Integração. Além disso, a redefinição de todo o sistema de transporte público com a implantação do sistema integrado a partir do Veículo Leve sobre Trilhos – VLT e inauguração do novo Plano Diretor Municipal com a modernização das legislações urbanísticas.

Passada a eleição, o prefeito eleito – neste caso reeleito, mãos a obra, e olhos bem abertos, daqueles que tem como missão fiscalizar o cumprimento desse plano de governo, ou seja, poder legislativo, imprensa e, claro, toda a população de Petrolina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.