Emocionado, Prefeito de Sobradinho reúne funcionários para esclarecer demissões

Lidiane Cavalcante

Não contendo as lágrimas nos olhos o prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti, acompanhado de seus secretários e assessoria jurídica, reuniu na manhã desta quarta-feira (31) funcionários comissionados e prestadores de serviço para anunciar o que ele chama de “pior dia da sua vida”.

Para cumprir o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR), as exigências do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e do Ministério Público, que determina que o gasto com pessoal não pode exceder 54% da receita corrente líquida dos municípios. Com isso a prefeitura demitiu e exonerou funcionários, inclusive secretários municipais e assessores.

Segundo o prefeito, após queda das receitas, do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ISS), a dívida da prefeitura chega a R$mais de um milhão. Além das demissões, também houve redução de cargos e salários. “Estamos em crise financeira. A dívida deixada pela gestão anterior é alta e incluí 13º de funcionários sem pagar, Inss, energia, são vários parcelamentos”, explica o prefeito.

Luiz Vicente disse que; “a máquina não se endivida sozinha são os gestores que contraem ou produzem as dívidas ”. O prefeito emocionado falou: “a decisão de demitir machuca, dói, para tantas famílias que ganham o pão de cada dia”.

A surpresa maior ficou por conta da solidariedade de todos os presentes que mesmo muitos perdendo seus empregos aplaudiram a decisão e hipotecaram total apoio ao prefeito reconhecendo a sua coragem em enfrentar com bravura uma situação tão constrangedora. (Ascom Sobradinho)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.