Fora maluco!

A direção Nacional do PDT está carregando uma cruz muito pesada nas costas em direção as eleições presidenciais de 2022. Ou expulsa, o mais rápido possível Ciro Gomes do partido, ou ele vai enterrar a legenda que um dia foi brizolista. Este rancor insuportável contra Lula já virou piada, e a cada agressão mais pessoas se afastam do partido, e o próprio alucinado do Ciro se arrebenta nas pesquisas. Não adianta ele forçar a barra porque o eleitor já decidiu, e o país terá apenas duas alternativas: Lula e Bolsonaro. Não existe espaço para uma terceira via. Caso o PDT nacional mergulhe nessa loucura corre o risco de perder mais da metade dos deputados estaduais e federais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *