Lula informa à Justiça que viajará para a Europa, onde se reunirá com políticos e lideranças sociais

Ex-presidente passará por França, Suíça e Alemanha, durante os primeiros dias de março, e terá agenda com importantes lideranças sociais e políticas dos três países

Foto: Divulgação

A repercussão internacional da passagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por Roma, em encontro com o Papa Francisco, serviu para reposicioná-lo como uma das figuras políticas brasileiras mais requisitadas mundialmente.

Tanto é assim que ele já tem convite para vários outros eventos, e comunicou à Justiça que viajará novamente à Europa, neste fim de semana.

Durante as duas primeiras semanas de março, Lula passará por três países. O primeiro destino será a França. O ex-presidente ficará em Paris até o dia 5, onde receberá da prefeita Anne Hidalgo o título de cidadão honorário da cidade.

A segunda parada será em Genebra, na Suíça, entre os dias 5 e 7 de março, onde se encontrará com líderes sociais e sindicais do Conselho Mundial de Igrejas.

A última etapa, entre 7 e 11 de março, será em Berlim, capital da Alemanha, também em evento lideranças do movimento sindical mundial.

A determinação do STF (Supremo Tribunal Federal) que permitiu a liberdade de Lula também garante que ele não precisa de autorização judicial para viajar ao exterior. Porém, por cautela, a defesa do ex-presidente prefere comunicar a Justiça sobre suas ausências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *