Marília Arraes e João Campos tem rejeições equivalentes, dentro da margem de erro

O Ibope, sem sua mais recente pesquisa de opinião sobre a reta final da disputa no Recife, perguntou aos entrevistados em quem eles não votariam de modo algum. Os dois candidatos aparecem empatados, dentro da margem de erro.

Marília Arraes, que foi alvo de intensa pancadaria após o fim do primeiro turno, aparece com 41% de rejeição.

João Campos, duramente atacado por todos os adversários no primeiro turno, aparece com 38% de rejeição.

A margem de erro da pesquisa é de 3%.

Cabos eleitorais

No caso do prefeito Geraldo Julio, do PSB, que voltou nesta quarta a aparecer no guia de João Campos, a rejeição soma 39%, sendo 12% de ruim e 27% de péssimo. 6% avalia a gestão como ótima e 37% diz que é regular.

O governador Paulo Câmara tem avaliação negativa de 43%, sendo 13% de ruim e 30% de péssima. 38% acha a gestão regular, 5% ótima  e 12% boa.

Bolsonaro tem 46% de rejeição, sendo 8% de ruim e  38% de péssimo. 10% acha a gestão boa e 13% ótima. Regular fica em 28%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *