“O Heleno está velho”, disse Bolsonaro a Rodrigo Maia

 

(Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados | Marcos Corrêa/PR)

O jornalista Lauro Jardim informa em sua coluna que o presidente da Câmara dos Deputados questionou Jair Bolsonaro sobre a postura do general Augusto Heleno sobre a fala em que ele defendeu um “foda-se” para o Congresso Nacional e estimulou a convocação de protestos contra os parlamentares. “O Heleno está velho, esquece isso”, teria dito Bolsonaro a Maia, que não se convenceu das justificativas de Bolsonaro. Até porque o bolsonarismo está convocando, pelas redes sociais, o protesto do “foda-se” para tentar emparedar o Congresso, para o próximo dia 15 de março. Saiba mais aqui:

247 – Manifestações contra o Congresso Nacional e em apoio ao “foda-se” do general Augusto Heleno estão sendo convocados por líderes bolsonaristas em todo o país para o próximo dia 15 de março.

Há dois dias, o chefe do GSI fou flagrado com esta ofensa-ameaça ao Congresso. “Nós não podemos aceitar esses caras chantagearem a gente o tempo todo. Foda-se”, disse Heleno, que participou de uma  cerimônia no Palácio da Alvorada.

Os bolsonaristas correram em seu apoio. A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) saiu a público em apoio ao general, “Deixem o general Heleno trabalhar em paz”. E torpedeou a ideia de que ele seja convocado pelo Congresso Nacional.

Um dos líderes bolsonaristas que convocam a manifestação contra o Congresso é, paradoxalmente, um deputado federal, integrante do movimento Direita Paraná. O deputado Filipe Barros (PSL-PR) postou em seu twitter uma foto deo general fardado e com senho franzido diante do Congresso Nacional cercado por bolsonaristas para convocar a manifestação.

No tweet, ele diz que a “pauta única” do protesto será o apoio ao governo Jair Bolsonaro -em confronto com o Congresso.

Filipe Barros

@filipebarrost

Em Londrina, assim como em todo Brasil, teremos manifestação dia 15 de março.

Pauta única:
– apoio ao Presidente @jairbolsonaro.

Ver imagem no Twitter
3.481 pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *