Perigo e medo na BA 210

A falta de sinalização junto com a irresponsabilidade

Da Redação

A segunda etapa de recuperação e ampliação do trecho da BA 210, que liga os municípios de Curaçá e Juazeiro está causando grande preocupação e medo para motoristas e passageiros.

A empresa responsável pela execução dos serviços, retirou toda a camada de asfalto numa distancia de 50 km, sendo que boa parte da pista se encontra em perfeitas condições de trafego. “É muita irresponsabilidade arrancar todo o asfalto para tentar fazer tudo de uma vez sem ter a mínima condição. O engenheiro responsável ou é irresponsável, é um criminoso porque várias pessoas estão arriscando suas vidas todos os dias no meio da poeira provocada pelos veículos. Há poucos dias, um rapaz foi atropelado com o ‘garupa’ e por pouco não morreram, estão em cadeira de rodas”, desabafa o motorista Inácio Novaes Xavier.

Nos cruzamentos, veículos açoitam pedras

Outro motorista revoltado com o problema é o senhor José Evaristo Junior. “Na primeira etapa, a empresa teve prudência e responsabilidade quando soube dividir por área de atuação. Aqui a irresponsabilidade está na cara, a sinalização é péssima, o material usado é ruim, os desvios parecem mais um campo de desova. Infelizmente estamos na Bahia, terra onde se faz a algazarra misturada com anarquia administrativa, e que ainda tem esse povinho miserável que aplaude achando que tudo está bom. Enquanto isso estamos aqui arriscando nossas vidas”, metralha.

A nossa reportagem procurou o representante da empresa no local e não encontrou. Há poucos dias foi realizada sessão especial na Câmara de Vereadores quando foi debatido o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *