PT inicia campanha com Lula e Alckmin em SP e atos pelas ruas de todo o país

Partidos da coligação “Brasil pela Esperança” e diretórios regionais serão convocados para atos no Brasil inteiro. Chapa presidencial fará comícios em SP e BH na primeira semana

www.brasil247.com - Luiz Inácio Lula da Silva
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert)

O Partido dos Trabalhadores (PT) definiu a estratégia para o início da campanha eleitoral no próximo dia 16: haverá atividades em todo o país e ato do ex-presidente Lula e do ex-governador Geraldo Alckmin (PSB) em São Paulo. A informação é do portal UOL.

O partido convocará seus oito aliados da coligação “Brasil pela Esperança” (PSB, PV, PCdoB, PSOL, Rede, Solidariedade, Avante e Agir) e os diretórios regionais para atos em todo território nacional, com foco não somente em comícios, mas em panfletagem, adesivaços, distribuição de bottons, bandeiras, entre outros. O propósito é fortalecer a imagem nacional do partido sem depender de Lula, reforçando as candidaturas locais.

“Cada um vai fazer do jeito que o estado está mais acostumado. As pessoas têm, em cada estado, uma forma de fazer manifestação, mas estamos orientando que a campanha seja colocada na rua. As banquinhas com material e visual, que já são tradicionais. Tem gente que vai fazer caminhada, tem gente que quer fazer pequenos atos”, afirmou Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, em declaração recuperada pelo UOL.

.

Enquanto isso, Lula e Alckmin deverão promover um ato em porta de fábrica na capital paulista com centrais sindicais, visando ‘voltar às raízes’ do presidenciável petista. As pautas serão criticar o aumento do desemprego, da inflação e do uso eleitoral do aumento do Auxílio Brasil por Jair Bolsonaro (PL). Há a alternativa de fazer uma caminhada pela cidade, ainda restando bater o martelo para saber qual será a programação exata do dia 16.

Na mesma semana, no dia 18, a chapa presidencial viaja a Belo Horizonte para promover um comício com o ex-prefeito Alexandre Kalil (PSD) e o deputado André Janones (Avante). Então, Lula e Alckmin retornam a São Paulo para um grande comício no sábado (20) no Vale do Anhangabaú, com a presença do ex-prefeito e atual candidato ao governo, Fernando Haddad (PT). 

Na semana seguinte, há o planejamento de um ato no Rio de Janeiro com a presença do deputado federal Marcelo Freixo (PSB), que pleiteia o governo carioca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.